Projeto Nascer Bem

  • Daniele Dias Louzada Castelo
Palavras-chave: Aleitamento Materno, Leite Humano

Resumo

Introdução: O projeto Nascer bem em Castelo é uma ação que está sendo utilizada no Centro Integral de Atendimento à Mulher – (CIAM) em Castelo-ES, de forma a oferecer uma atenção humanizada na gravidez e puerpério às gestantes acompanhadas. Objetivo geral: Relatar experiência do cuidado de enfermagem durante pré natal de baixo risco e promoção do aleitamento materno Objetivos específicos: identificar precocemente as gestantes com até 120 dias para a primeira consulta; promover o aleitamento materno e doação de leite; garantir atendimento de qualidade a gestantes e puérperas.

Metodologia: Trata-se de estudo descritivo, prospectivo realizado no período de Outubro de 2015 até 2017, através da captação precoce e busca ativa das gestantes, acolhimento, visita domiciliar e acompanhamento mensal pela equipe. Realização da primeira consulta com a Enfermeira para classificação de risco e posteriormente o cuidado é compartilhado entre médico e enfermeira. Dentre as ações do programa podem-se destacar as doações de leite materno, que tem sido estimulada durante as consultas, na sala de espera, nos grupos de educação em saúde e na consulta de puerpério.As gestantes são sensibilizadas para doação de leite. Os cadastros das mães doadoras e a orientação inicial são realizados pela Enfermeira e equipe de enfermagem onde as mães recebem o material para começar a doar o leite em excesso, preparo do frasco, como retirar e armazenar o leite.

Resultados alcançados: As experiências vividas durante o programa são importantes para toda equipe envolvida e comunidade, e também para as mães que podem perceber o fortalecimento do vínculo entre mãe e filho, que geram grandes benefícios aos usuários, realização de novos cadastros de mães doadoras, divulgação da reativação do banco de leite na mídia local, aumento significativo de doação de leite que inicialmente era de menos de 3 litros para 30 litros/mês enviados ao BLH-HECI. Adesão ao pré-natal e atividades educativas, sensibilização e capacitação de todas as equipes de atenção básica em Aleitamento Materno. A unidade está se adequando para se tornar um ponto de coleta na Rede Nacional de Banco Leite.

Conclusão: O programa oferece atendimento de qualidade às gestantes e recém-nascidos, além de promover ações intersetoriais de promoção da saúde, aleitamento materno e humanização, o aumento na doação de leite remete a práticas positivas de interação com a sociedade onde mais criança tem acesso a esse alimento importante, diminuição da mortalidade infantil e conscientização da comunidade e parceiros envolvidos.

Publicado
2017-10-01