A saúde mental do idoso na atenção primária e o papel do médico de família

Autores

  • Juliana da Conceição Sampaio Lóss Universidade Iguaçu (UNIG). Itaperuna, RJ https://orcid.org/0000-0002-2369-1022
  • Líllian Corrêa Meira Universidade Iguaçu (UNIG). Itaperuna, RJ
  • Hélder Martins Figueira Universidade Iguaçu (UNIG). Itaperuna, RJ

Palavras-chave:

Saúde Mental, Idosos, Atenção Primária à Saúde

Resumo

Introdução: Ansiedade e depressão em idosos são exemplos de transtornos mentais presentes na esfera da atenção primária à saúde. É essencial que o médico que atua na atenção primária esteja capacitado para atender a essa demanda, proporcionando melhora na qualidade de vida dos pacientes. Este estudo tem por objetivo compreender o cuidado em saúde mental do idoso no contexto da atenção primária à saúde, bem como conhecer o papel do médico de família e comunidade frente ao desafio de cuidar da pessoa idosa com transtorno psíquico.

Métodos: Trata-se de uma revisão bibliográfica. Utilizou-se para coleta de dados artigos dos últimos 5 anos, nas bases de dados Scielo, Pubmed e Redalyc, através dos descritores Saúde Mental, Atenção Primária e Idosos.

Resultados: Os artigos analisados apontam que o idoso ao buscar atendimento na UBS encontra escassez de equipamentos e profissionais especializados no atendimento à população idosa, bem como uma precária rede social de apoio psicossocial aos portadores de sofrimento psíquico e de seus familiares e cuidadores. As equipes de saúde da família têm enfrentado as situações em que encontram idosos portadores de transtornos mentais, ou vítimas de abusos, casos de negligência ou mesmo abandono.

Conclusão: É preciso repensar estratégias de promoção de saúde mental para o idoso, atuando em uma rede integrada entre os diversos setores da saúde. O médico de família, frente a saúde mental dos idosos, tem o desafio de cuidar para além da doença, mas sobretudo, a partir da medicina centrada na pessoa.

Biografia do Autor

Líllian Corrêa Meira, Universidade Iguaçu (UNIG). Itaperuna, RJ

Acadêmica de medicina UNIG

Hélder Martins Figueira, Universidade Iguaçu (UNIG). Itaperuna, RJ

Médico, professor, preceptor da Residência em medicina de família e comunidade. UNIG Campus V. 

Publicado

2020-12-15