Acesso mais seguro aos Anais

2018-02-23

Quando alguém navega a Web, por exemplo para visitar os Anais, a comunicação é feita através de uma série de computadores, desde os grandes computadores que integram a espinha dorsal da Internet até os pontos de acesso sem fio de nossas casas ou cafeterias. Como no início da Internet havia uma grande confiança mútua entre seus usuários, em princípio cada um desses computadores tem acesso aos dados que estão sendo transmitidos, tanto em uma direção (página) quanto na outra (senha).

Para evitar isso é que existe o protocolo TLS, aquele do cadeado à esquerda da barra de endereço. O protocolo TLS evita que os dados sejam espionados ou modificados, além de evitar que um computador na Internet se faça passar por outro. Acontece que, durante décadas, o uso do TLS (e seu antecessor, SSL) ficou restrito ao comércio eletrônico e outros grandes portais, devido à exigência de um certificado.

Felizmente, a iniciativa Let's Encrypt efetivamente resolveu esse problema, viabilizando que qualquer sítio tenha seu certificado TLS. Graças a essa iniciativa, o suporte técnico da hospedagem dos Anais pôde confeccionar um certificado TLS. Com esse certificado, qualquer navegador moderno, tanto em computadores convencionais quanto em dispositivos móveis, consegue estabelecer uma conexão segura (criptografada) com os Anais.

Para garantir a efetividade desse novo recurso de segurança, todas as conexões inseguras (http://) estão sendo redirecionadas para conexões seguras (https://). Dessa forma, os visitantes podem efetivamente aproveitar o novo padrão de segurança sem se preocupar em fazer coisa alguma.