Criados em 2017, os Anais do Congresso Capixaba de Medicina de Família e Comunidade são a plataforma da Associação Capixaba de Medicina de Família e Comunidade para a submissão, seleção e publicação de trabalhos apresentados no respectivo congresso. Continue lendo esta página para informações gerais a respeito dos Anais, e a seguir leia as diretrizes para autores específicas para este ano.

Submissões. O Congresso Capixaba de Medicina de Família e Comunidade aceita trabalhos científicos com variadas metodologias, além de casos clínicos (revisões clínicas devem ser submetidas como temas de atualização clínica). Pesquisas de iniciação científica, operacionais, de replicação ou com resultado negativo são bem-vindas. As submissões devem ser feitas na forma de resumo, em língua portuguesa, seguindo as diretrizes para autores apresentadas na página Submissões.

Avaliação por pares. A função de editor dos Anais é a acumulada pelo coordenador de trabalhos científicos do Congresso, que aprova as submissões em função da avaliação por pares e da disponibilidade de espaço na programação. As submissões são avaliadas com base em sua relevância, clareza e novidade e (no caso de pesquisas originais e revisões de literatura) adequação dos métodos; submissões mal avaliadas podem ser rejeitadas mesmo havendo espaço na programação. Cada submissão passa por uma avaliação duplo-cega por ao menos dois pares, que são médicos de família e comunidade ou residentes escolhidos pelo editor em função de competências relevantes para a submissão em questão.

Publicação. As submissões aprovadas são apresentadas no Congresso e publicadas no formato de resumo nestes Anais. Os Anais não cobram taxa de submissão ou de publicação, mas a aprovação da submissão depende do pagamento da taxa de inscrição no Congresso. Todo o material dos Anais está gratuitamente disponível para os leitores, sem necessidade de registro. Os autores das submissões mantêm a titularidade dos direitos autorais, e autorizam os Anais a publicá-las sob a licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. Os autores podem arquivar em seus repositórios pessoais e/ou institucionais tanto versões submetidas quanto publicadas pre-print quanto post-print em repositórios.

Indexação. Seguindo normas internacionais, os Anais estão registrados como um periódico sob o ISSN 2594-6005; sua abreviatura para citações é Anais Congr. Capixaba Med. Fam. Comunidade. Os Anais são indexados por Google Acadêmico e PKP Index, e listados no diretório Latindex, mas não existe perspectiva de indexação em LILACS, SciELO, Medline, Scopus ou Web of Science.