Perfil de pacientes atendidos na Unidade Básica de Saúde de Ulisses Guimarães, Vila Velha-ES

  • Lorena Camillato Sirtoli Universidade Vila Velha
  • André Filipe Lucchi Rodrigues Universidade Vila Velha
  • Álvaro Damiani Zamprogno Universidade Vila Velha
  • Natália Josiele Cerqueira Checon Universidade Vila Velha
  • Diego José Brandão Universidade Vila Velha
  • Marcelo Santana Vetis Universidade Vila Velha
  • Leonardo Ferreira Fontenelle Universidade Vila Velha http://orcid.org/0000-0003-4064-433X
Palavras-chave: Agendamento de Consultas, Dados Demográficos, Atenção Primária à Saúde, Educação de Graduação em Medicina

Resumo

Introdução: O ensino na maioria das faculdades de Medicina ainda privilegia o aprendizado em centros terciários, tendo o hospital como cenário principal do aprendizado. Entretanto, sabe-se que a maioria dos postos de trabalho está nos setores primário e secundário.  Nesse contexto, observa-se a importância da incorporação de atividades curriculares no âmbito da atenção primária (AP) como parte da formação médica, sendo objetivo desse estudo descrever o perfil de pacientes atendidos pelos alunos do 5º ao 8º período de Medicina da Universidade de Vila Velha (UVV), na Unidade Básica de Saúde (UBS) de Ulisses Guimarães, Vila Velha no período 2016/2.
Métodos: Estudo transversal, com dados obtidos a partir de consulta realizada pelos estudantes e preenchimento de questionário pelos professores da Universidade de Vila Velha na disciplina Programa Integração Ensino Serviço e Comunidade (PISEC), feito tabulação dos dados com posterior análise.
Resultados: Foram atendidos 226 pacientes, com idade entre 0 e 96 anos (mediana=30; intervalo interquartis=12-54), havendo predomínio do sexo feminino (73%) em detrimento do sexo masculino (27%). A principal natureza do atendimento foi demanda espontânea (40,0%), seguidas de outro agendamento (30,7%), outro retorno (4,6%), puericultura (3,7%) e hipertensão/diabetes (3,7%), gestante (2%), visita domiciliar (0%).
Conclusão: Com esse estudo conseguiu-se caracterizar o perfil dos usuários atendidos numa unidade de saúde por alunos de Medicina. Observa-se que o sexo feminino é o público que mais procura atendimento, possivelmente pela sua maior preocupação em relação à saúde. A principal natureza do atendimento foi demanda espontânea, enfatizando a importância da unidade de saúde como porta de entrada do SUS.

Publicado
2017-10-01